• Eduardo Sato

2021: o sexto ano mais quente da história


Capa dos slides usados durante a divulgação da análise de clima feita pela NASA e pela NOAA. Créditos: Annual Global Analysis for 2021, NASA & NOAA

A média global de temperatura da superfície de nosso planeta em 2021 foi 1.1 graus celsius maior que a média no final do século XX, início da revolução industrial. Em especial, o ano de 2021 não foi mais quente devido a chamada “La Niña” um fenômeno climático aparentemente não periódico que tem como efeito líquido diminuir a temperatura do planeta por alguns meses.


A água na superfície do oceano é mais quente que a água em camadas mais profundas por estarem mais expostas ao Sol e terem densidade menor. Devido aos chamados ventos alísios, as camadas superficiais do oceano pacífico são empurradas em direção a Austrália, fazendo emergir as camadas mais frias de água que resfriam o oceano pacífico. Durante a La Niña, há uma intensificação dos ventos alísios que provoca um resfriamento anormal da região que gera diversas mudanças nos padrões climáticos no planeta. Em contrapartida, o evento contrário também existe, quando os ventos alísios são enfraquecidos e o oceano pacifico tem um aumento de temperatura, o chamado El Niño.


Entendendo este detalhe é possível compreender que a diferença entre o último ano e o ano de 2020, o segundo mais quente já registrado, não é um sinal de melhorias na situação climática da Terra.


Temperaturas globais em relação à média do século XX para os dez anos mais quentes já registrados. Fonte: NOAA National Centers for Environmental Information, State of the Climate: Global Climate Report for October 2021, published online November 2021, retrieved on January 25, 2022 from https://www.ncdc.noaa.gov/sotc/global/202110/supplemental/page-1.

Existem evidências mais que suficientes para relacionar este aumento expressivo de temperatura com as atividades humanas, como desmatamentos, uso de combustíveis fósseis e queima de carvão. Tanto que o prêmio Nobel de Física de 2021 foi dado em parte para pesquisadores que fizeram estas relações há décadas. Quando então trataremos a emergência climática como um problema sério a ser enfrentado por nossa geração? Isto se quisermos continuar a viver neste planeta maravilhoso que chamamos de casa.


Referências e Saiba Mais:


[1] Global Climate Report - October 2021, NOAA National Centers for Environmental Information

[2] Annual Global Analysis for 2021, Schmidt, G.A. and Vose, R.S., Nasa Goddard Institute for Space Studies and NOAA National Centers for Environmental Information

[3] Six Questions to Help You Understand the 6th Warmest Year on Record, NASA Earth

[4] Temperature Record 101: How We Know What We Know about Climate Change - NASA Goddard Youtube Channel

[5] 2021 Tied for 6th Warmest Year in Continued Trend, NASA Analysis Shows - NASA Climate

[6] Entenda o El Niño e a La Niña (célula de Walker), Professor Ricardo Marcílio, Canal no Youtube


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo