Julho Astronômico no Principia

No mês de julho de 2021, ainda no meio da pandemia e com restrições para programas externos, as famílias ganharam uma opção de programação virtual para as férias escolares! Com temas astronômicos, foram realizadas lives especiais e de observação do céu, com transmissão ao vivo das imagens captadas por telescópio, e ainda um curso e uma séries de oficinas. A programação pode ser acompanhada no canal do YouTube do Instituto Principia.

EVENTOS JULHO.png

Diálogos Ciência e Arte

A programação teve quatro lives especiais, os Diálogos Ciência e Arte, sempre com a presença de um telescópio para captação de imagens dos astros e transmissão em tempo real. Em cada semana será tratado um tema: o Sol, as estrelas, a Lua e os Planetas. As lives, como o nome sugere, contam sempre com a participação de uma pessoa da ciência dialogando com uma pessoa das artes e humanidades “Entendemos que o diálogo, numa linguagem compreensível, é a melhor forma para aproximar as pessoas da ciência num momento tão crítico para nossa sociedade”, afirma o prof. Gerson Francisco, diretor executivo do Principia.

1. Da astronomia à arte: o Sol como estrela e como coadjuvante

Com o físico Raphael Malagoli e a artista Marcia Ribeiro

2. A poesia nas estrelas e as estrelas na poesia
Com a astrônoma Geisa Ponte e a especialista em literatura russa Letícia Mei

3. Da literatura à missão lunar brasileira: Lua no Imaginário e na realidade
Com o engenheiro espacial Lucas Fonseca e a jornalista e futuróloga Lídia Zuin

4. De divindades à exploração espacial: os planetas e os exoplanetas na arte e na ciência

Com a astrônoma Raíssa Estrela e a artista Denise Alves-Rodrigues

Lives de observação do céu*

A partir da metade do mês, a Lua começa a ganhar destaque no céu e na programação. Além da live que contou com a participação do engenheiro espacial Lucas Fonseca, idealizador da Missão Lunar Brasileira, houve duas lives específicas para observação do céu e em ambas a Lua teve destaque. As transmissões ocorreram em dois sábados, dias 17 e 24, iniciando, respectivamente, às 18h e às 22h. As observações com telescópio ocorreram no topo prédio do centro de pesquisa, no complexo Praça Pamplona, mas, por causa da pandemia não contaram com presença do público. “Ficaremos felizes em receber o público assim que a pandemia for controlada, mas por ora, o melhor é nos resguardarmos e acompanharmos a programação virtualmente”, avalia Francisco, que também é professor aposentado do Instituto de Física Teórica da Unesp.

  • Live 1 – Lua​

  • Live 2 – Lua e planetas Júpiter e Saturno

Curso “Astronomia na Janela: do visível ao indizível”

O curso gratuito, com 8 horas de duração, online e ao vivo, foi intitulado “Astronomia na Janela: do visível ao indizível” e terá 5 aulas, sempre às quintas-feiras, das 19h30 às 21h10. Os participantes que assistirem a todas as aulas farão jus a um certificado emitido pelo Instituto. “Em cada uma das aulas será tratada uma das janelas de que dispomos para observar o céu, indo da janela de casa até a mais profunda, muitas vezes não dita, que é a da cultura”, conta o físico Fernando Nascimento, idealizador da programação. As outras janelas são a dos olhos, da fotografia e a dos telescópios.

  • Aula 1 – A Janela de casa: o Sol e os movimentos aparentes do céu e dos astros

Professor: Roberto Boczko, astrônomo, professor aposentado do IAG/USP

Data: 01/07/2021 (quinta-feira)

Horário: das 19h30 às 21h10
 

  • Aula 2 – A janela dos olhos: observação noturna, estrelas, brilho e padrões no céu

Professor: Raphael Malagoli, físico e professor de astronomia

Data: 08/07/2021 (quinta-feira)

Horário: das 19h30 às 21h10

 

  • Aula 3 – A Janela do invisível: estrelas, galáxias e o céu profundo

Professora: Geisa Ponte, astrônoma e divulgadora científica

Data: 15/07/2021 (quinta-feira)

Horário: das 19h30 às 21h10

  • Aula 4 – A Janela da fotografia: astrofotografia para descortinar a beleza do céu

Professor: Kiko Fairbairn, astrofotógrafo

Data: 22/07/2021 (quinta-feira)

Horário: das 19h30 às 21h10

 

  • Aula 5 – A Janela da Cultura: quantos céus tem o céu?

Professor: Walmir Cardoso, professor de astronomia e consultor em educação

Data: 29/07/2021 (quinta-feira)

Horário: das 19h30 às 21h10

1/6

Oficina – Constelação na caixa

A oficina prática com uma hora de duração consiste na montagem de um modelo tridimensional da constelação do Cruzeiro do Sul, muito conhecida pela sua forma peculiar que lembra uma perfeita cruz, não fosse pela presença de uma quinta estrela, que foi justamente apelidada de ‘intrometida’.

A ideia, a partir da construção, é refletir sobre os padrões que observamos no céu e o fato de as estrelas estarem muito longe de nós, mas parecerem todas ‘grudadas’ no firmamento. Colocar o Cruzeiro do Sul na caixa é um caminho para vê-lo “fora da caixa” e ampliarmos nossa percepção sobre o Cosmos.

A oficina será ministrada pelo físico e mágico Tatá Trivério e será oferecida duas, sempre às terças, às 16h, nos dias 20 e 27/07/2021.

Materiais necessários:

  • Sugestão: 1 caixa de papelão (com as abas da tampa) com o seguinte tamanho: 500 mm x 300 mm x 220 mm

  • 5 fios de nylon (linha de pesca) bem fino e incolor com 1 metro de comprimento cada.

  • 5 miçangas esféricas e perfuradas de 8 mm

  • 5 clipes de papel bem pequenos

  • Fita adesiva transparente

  • 1 Estilete — AVISO: PEÇA A AJUDA DE UM ADULTO PARA USAR ESTILETE

  • 1  Régua de 300 mm (30 cm)

  • 1 Lápis

  • 1 Marcador permanente (canetinha)

  • 1 Palito de dente

  • 1 grampeador para juntar as abas da caixa


Substituições possíveis:

  • Usando o modelo com as medidas propostas nesta receita, o tamanho mínimo da caixa que precisamos usar é: 400 mm x 200 mm x 200 mm;

  • Os fios de nylon podem ser substituídos por linha de empinar pipa ou linha de costura;

  • Os clipes de papel podem ser substituídos por palitos de dentes;


Quem quiser participar e buscar conveniência pode adquirir kits com todos os materiais e recebê-los em casa, por meio do canal digital neste link (Pag Seguro - distribuído por Tupper Life).  O kit foi desenvolvido com todos os materiais necessários para a montagem da constelação na caixa, já cortados e separados. Adquirindo o kit, o participante vai precisar ter apenas cola branca ou fita-crepe e uma régua. Como, dependendo da sua localidade, os fretes têm custo elevado, desenvolvemos um kit leve, de forma que o custo total (kit + frete) pudesse ficar em torno de R$ 50,00 para a maior parte do Brasil.

constelação na caixa
Quer participar do próximo evento?
Se inscreva agora:

Bem-vindo. Nos veremos em breve!